PublicidadePublicidade

NAVEGUE:

Picos, 31/10/2014

barra

Você está lendo a coluna: Geral

DESORGANIZAÇÃO

"Decoração" do carnaval ainda permanece nas ruas de Picos

Parte da "decoração" do carnaval ainda não foi retirada das ruas dez dias após o final da folia

Por José Maria Barros - 26/02/2010

.

 Mais de uma semana após o fim do carnaval, “decoração” ainda não foi retirada das ruas centrais da cidade.

Mais de uma semana após o fim do carnaval, “decoração” ainda não foi retirada das ruas centrais da cidade.

Mais de uma semana após o fim do carnaval de rua de Picos, restos da “decoração” utilizada pela organização do evento para dar um novo colorido à festa de momo, ainda permanecem nas ruas centrais da cidade, confundindo a atenção dos motoristas que transitam diariamente naquele trecho.
 
Na Travessa Urbano Eulálio, por detrás da agência centro do Banco do Brasil, parte da decoração já cedeu e está atrapalhando o trânsito das pessoas que caminham em cima da calçada e prejudicando a visão de motoristas e motociclistas. No local, os “restos da decoração” já estão servindo de brincadeira para os engraxates.
        
A “decoração” utilizada no carnaval de rua de Picos se constitui apenas em umas fitas coloridas anexadas a um fio de náilon e que este ano foram implantadas nas travessas Urbano Eulálio e Lourenço Pereira, e em uma pequena parte da praça Félix Pacheco.
        
O carnaval de Picos terminou na madrugada de quarta-feira de cinzas, 17 de fevereiro, e até a manhã desta sexta-feira, 26, a prefeitura ainda não tinha providenciado a retirada do material das ruas centrais da cidade, provocando críticas de muitas pessoas que transitam diariamente e classificam o fato como falta de organização dos gestores.
 
Críticas
        
Apesar de a prefeitura de Picos ter investido 250 mil reais na organização do carnaval de rua, o evento recebeu criticas de vários setores da sociedade civil organizada, especialmente a fraca qualidade das bandas contratadas e a falta de estrutura no corredor da folia.        
        
O quesito mais criticado foi à quantidade de banheiros químicos instalados, pois o número foi insuficiente para atender a demanda e os foliões foram obrigados a urinar nas portas dos estabelecimentos comerciais, das agências bancárias e até da Igreja Catedral de Nossa Senhora dos Remédios, eleita em 2008 como a Segunda Maravilha do Piauí.
        
As críticas mais contundentes a falta de estrutura do evento partiram do bispo diocesano de Picos, dom Plínio José Luz da Silva, que comentou o fato durante a celebração da missa de quarta-feira de cinzas e do vereador Francisco de Assis Pio da Silva (Titico), do PP, que na sessão da última sexta-feira subiu à tribuna para cobrar da administração municipal a mudança do local do carnaval de rua, voltando para onde era realizado anteriormente, ou seja, no cruzamento da praça Félix Pacheco com a avenida Getúlio Vargas.

 

 

ComentarVersão impressãoEnviar por email

 

 

COMENTÁRIOS DESTA MATÉRIA

Não há comentários para esta matéria no momento

 

 

OUTRAS DESTA COLUNA:

29/10/2014 :: Tetra pakr promove oficina para educadores em Picos e Teresina

29/10/2014 :: Encontro Científico receberá um dos maiores especialista em cirurgia de catarata do Brasil.

29/10/2014 :: Saúde diz que falta de dados sobre a dengue pode dificultar combate

29/10/2014 :: PT se reúne em Picos para discutir sobre o futuro do partido

28/10/2014 :: Vice-prefeita Dorinha rompe com prefeito Milton em Vera Mendes.

28/10/2014 :: Prefeito Kleber Eulálio parabeniza servidores públicos.

28/10/2014 :: IV Festival do Sindserme será realizado hoje na AABB de Picos

28/10/2014 :: Produtores têm até dia 31 para renegociar dívidas no BNB

28/10/2014 :: TJ-PI divulga edital para novo juiz eleitoral substituto no TRE-PI

28/10/2014 :: Temperatura em Picos chega aos 40º graus

28/10/2014 :: Mercado de trabalho desacelera; Indústria é a mais prejudicada

28/10/2014 :: Procurador tem 50 ações por crimes eleitorais.

28/10/2014 :: Dilma Rousseff é reeleita com 51,64% dos votos.

27/10/2014 :: Acusado de mandar matar político é transferido para Picos

24/10/2014 :: Acusado de mandar matar político é transferido para Picos

 

[ Veja todas desta coluna ]

Prefeitura de Picos

Publicidade

Frei Galvão Nordeste CDs e Celular Emproagro
Sest SenatTelões para eventos - Alugue já! Clique aqui!

© portalfcs 2005-2007 — Todos os direitos Reservados

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.